quarta-feira, 11 de maio de 2016

Objetos

Objetos de casa

E em cada cantinho

Contam nossas histórias

Lado direito da cama.

Lado esquerdo da cama.


A mãe reparou que o menino
gostava mais do vazio
do que do cheio.
Falava que os vazios são maiores
e até infinitos.
Trecho da poesia do querido Manoel de Barros.


É claro que na nossa casa tem cantinhos lotados 
de história. Mas no momento estou mostrando o
bonitinho e o lado mais organizado e vazio.
Aquele lado que queremos mostrar.
O lado mais desarrumado fica mais escondi-
dinho. Para futuras arrumações.
Os cantinhos mais arrumados, se exibem, saltam
para os olhares. A baguncinha é só fechar a porta
e ela está lá escondida, mas na espreita.
Tipo falando, olha vou sair daqui e queimar teu filme, viu? 
Trate logo de me arrumar ou eu vou sair contando
pra todos que você costuma me mascarar.
Ah, numa casa , as arrumações são eternas.
Os cantinhos ficam ali bonitinhos.
Tais como criança arrumada em dia de festa.
Basta uma brincadeirinha  e logo também estão
todos descabelados, suados e desarrumados.
Senti que os cantinhos vazios , preenchem mais 
do que um lugar empetecado .
Sobra mais tempo que é o que eu queria. 
Ler e escrever. 
E tem sido assim. Eu sinto um vazio de coisas.
Mas sinto um preenchimento de alma.
E bora escrever!

Por falar nisso, como vão suas escritas?
E seus cantinhos?
Organizados? 
 






17 comentários:

Simone Felic disse...

Olá Zizi
Meus cantinhos estão arrumados querida, só as vezes que
algo mais importante toma lugar da arrumação rotineira,
então fica aquela baguncinha sendo empurrada com a barriga,
kkkkk.
beijinhos

http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

Andréa disse...

Boa tarde, querida!
Quanta coisa cute!
Amo esses cantinhos, só tenho preguiça de tirar a poeira, mas
não deixo acumular, rs.

Beijinhos no seu ♥

Decorações pra Corações disse...

Cantinhos lindos!
E texto lindo tbm (parece poema rss)

Beijos
Thaís Xavier
Decorações pra Corações

✿ chica disse...

Muito legais teus cantinhos ,Zizi e sabes, os muiiiito arrumados, muitas vezes mostram casas vitrines... A minha não tem nada tri arrumado.Tudo é usado, tuuudo é vivido, tudo é o que precisamos ter. E claro, há ainda as bagunças esperando a hora de serem mexidas.aff! Leitura sempre boa por aqui eu encontro! bjs, tudo de bom,chica

Ailime disse...

Boa noite Zizi,
Adoro recantos assim e neste momento, se pudesse, me mudaria para uma casa com imensos vazios;))! Mais elegante e fácil de limpar,))!!
Gosto de ter as coisas nos locais certos, mas nos servimos de toda a casa.
A poeira maior tiro com o aspirador uma vez por semana.
Por vezes fecho os olhos;))!!
É bem melhor sentir a alma cheia!
Beijinhos
Ailime

Christiane Garcia disse...

Amei as fotos dos seus cantinhos... Por aqui tenho que dar uma geral nos meus armários e também renovar meus cantinhos
Um grande bj

Menina Prendada Sandra disse...

Oi Zizi, amei seus mimos, todos lindos, mas amei mais ainda sua minnie, nossa aqui em casa os cantinhos estão precisando mesmo de uma arrumação, tá tudo tão bagunçado, mas é por uma boa causa. Um xeru!

Sandra
http://pedacinhobysandra.blogspot.com.br/

Maria Grinheiro disse...

Há algum tempo que adoptei o estilo clean - prático para se estar à vontade, gozar dos espaços e prático de manter organizado: a idade faz-nos aprender a valorizar o essencial.

bj

By Neymes disse...

Nada como a casa da gente né minha querida amiga?! Beijo.Valéria.

Bell disse...

Cada cantinho da casa um aconchego.

bjokas =)

Maria Luiza disse...

Zizi, olha só, escrevendo coisas lindas sobre cantinhos e coisinhas do nosso apego! Bem, eu já adoro cantinhos cheinhos, íntimo, pessoais que exalam nossa alma! Gosto do clean, parecendo loja de decoração, mas lar é lar, tem que retratar nosso jeito! Tenho certeza que sua casa combina com você e é seu retrato! Beijinhos!

emanuel moura disse...

Cantinhos muito belos cheios de histórias ,muitos beijinhos no coração ,felicidades

Catarina H. disse...

Oi Zizi, que lindos os seus cantinhos arrumados :)
Cada desarrumação tem uma história e casa que é casa, tem sempre algo desarrumado. Mas, embora não goste de bagunça demais, também não gosto daquelas casas arrumadinhas demais. Sabe, aquelas casas que parece que nem vive lá gente, que está sempre tudo no mesmo sítio, parece catálogo de loja.
Já os meus cantinhos, nem vou falar! Com tanta falta de tempo, nem tenho tido tempo de me organizar. Mas agora com o fim de semana, vou dar um jeito neles :)
Beijinhos e bom fim de semana :) :) :)

alfacinha disse...

Cara Zizi
Infelizmente, os nossos cantinhos da casa nunca conheciam a agradável desordem de crianças. Nesta casa, por causa da idade dos seus habitantes mudam muitas das nossas histórias por razões práticas no sótão. Somente, a secretária ainda sofre de caos com coisas confusas. Confesso ,estou o culpado.
abraço

Maria Teresa Valente disse...

Cantinhos lindos e arrumados, Zizi!
Sempre com crianças, difícil era arrumar os cantos, hoje estou tentando colocar ordem na casa, ainda bem que tinha muita bagunça pra arrumar.
Mas te confesso, que gosto do que enche o olhar, nada aqui é vazio, tudo me lembra o que mais gosto: a vida!
Me ocupo o tempo todo, fico feliz em lavar, passar e dobrar tecidos, agrupar botões e demais apetrechos, revistas, livros, lãs e linhas, não paro, enquanto minha mente viaja, pensando em tudo arrumado e funcionando.
Escrever gosto muito, não posso dispensar!
Feliz domingo, abraços carinhosos
Maria Teresa

Liliane de Paula disse...

Nossas mesas de cabeceiras tem tudo que precisamos.
E as gavetas das mesas de cabeceira precisam de uma limpeza geral

Maria Gloria D'Amico disse...

Já tive a casa mais enfeitada, até porque era assim antigamente. Tínhamos uma estante, para encher de enfeites, quinquilharias e livros. Mas na atualidade, a estante é praticamente uma peça de museu, os livros digitais estão aí a toda e eu não tenho mais muitos enfeites, nem muitos móveis, apenas alguns tapetes e etc, na minha casa. Aprendi a desapegar dos objetos, das roupas e até das louças. E todo o ano, passo uma vista nos armários e a fila anda, para o novo chegar.
Antigamente, os almoços familiares eram nas casas, era preciso muitas louças, mas hoje em dia, vamos a um bom restaurante, todos pagam a sua parte, ficamos horas por lá, conversamos, rimos, beijamos, abraçamos e despedimos. Não há mais aquela pilha de louça para lavar. Então, até a quantidade de armários foi diminuída. Há uma festa anual que acontece na minha família, que quando não ocorre em uma cantina italiana, fazemos em um salão de festas, com tudo descartável. Vivemos com bem pouco, em relação a objetos e suprimentos, hoje em dia.
Umas baguncinhas sempre tem aqui em casa, que esperam por arrumação. Ficam esperando pela minha veneta, porque só por impulso que eu vou as arrumações de bagunças esquecidas, geralmente papéis e documentos antigos.
Já fui dona de tantos sapatos e não me cansava, tinha que comprar tudo o que via e gostava. Mas hoje em dia, nada disso mais faz sentido, nem me reconheço como já fui, com as aquisições. O pouco já me atende, além de ser bem mais fácil de arrumar, de limpar.
Um beijinho querida.

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...