terça-feira, 6 de setembro de 2016

Ilha Fiscal - passeio


Tem tantas coisas bonitas pra se conhecer! A Ilha Fiscal era uma delas.
Estou no Rio há treze anos e sempre que eu via a distância tinta vontade de conhecer de perto. Foi num sábado de agosto.
Para chegar até ela é comprar  ingresso na bilheteria do Espaço Cultural da Marinha - praça XV  - Boulevard Olimpíco -
O acesso é via embarque pela Escuna Nogueira da Gama.
São duas horas de visitação guiada.
clique para saber mais informações
 

O trajeto feito pela escuna é bem rápido e seguro.
Enquanto isso, podemos admirar prédios da marinha, embarcações antigas e relíquias .
 

A escuna da uma volta em torno da Ilha.
Todo detalhe deve ser observado. É de grande beleza.
Vista da ponte Rio Niterói, Igreja Candelária lá longe !!!


Ao chegar, fomos recebidos pela guia , que nos conduziu  a uma sala para vermos um vídeo sobre  como foi o Baile da Ilha Fiscal. O palacete é uma edificação em estilo neogótico . As pedras utilizadas formam verdadeiras obras de arte pois são talhadas em únicos blocos. O prédio tinha a função de escritório, pois era a sede da Alfandega. Ficou  conhecido por ter tido a última festa da monarquia : o Baile Fiscal . O palacete era belo , mas não tinha móveis adequados, por isso vieram  do continente móveis, espelhos , pratarias para que a festa ocorresse.
A construção foi executada com qualidade por exímios profissionais. O trabalho em cantaria é de Antonio Teixeira Ruiz; os mosaicos do piso do torreão, feitos com diversos tipos de madeira, é de Moreira de Carvalho. As pinturas decorativas são de Frederico Steckel. Os vitrais são ingleses e o relógio de Krussmann. As fundições de Joaquim Moreira & Cia. O prédio foi inaugurado pelo Imperador, em 1889. Fonte 
Enquanto o Baile acontecia, os republicanos articulavam o fim da monarquia, que aconteceu seis dias depois.



Baile da Ilha Fiscal
Francisco Figueiredo 

Agora, o que mais gostei. O vídeo onde uma personagem fala como se estivesse no baile. A moda era a cor preta e rendas.
Um luxo de bolsinha! 


Fui fotografando as janelas.

E isso eu lembro! todo relógio que tem algarismo romano
onde o quatro é assim IIII , tem mais de cem anos.
Relógio  no alto da torre, lado de fora. 

Os lustres vieram ....
esqueci !Fico só com a beleza!

No teto - abóboda ogival -  cravejado  , mini estrelas de ouro.
( acho que ouvi isso, estrelas de ouro)


Da pra observar a beleza do piso?
( muita luz )
Moreira de Carvalho 

Aqui são 38 degraus pra subir. Pessoas com pressão alta, labirintite
e outras coisas, não são aconselhadas a subir.
Subir é mais fácil que descer.
Principalmente se tem alguém te apressando.
Subi e desci sozinha, tranquilamente.
( só pra tirar minhas fotos )

E pra encerrar, uma fechadura, minha mania e admiração.
Quase não encontro. Essa não funcionava ( eu testei )
Pra mostrar que passado e presente estão lado a lado.
Num resgate afetivo e recordativo.


11 comentários:

✿ chica disse...

Zizi,que coisa linda esse passeio! Nunca fiz! Adorei a janela, a fechadura e o lustre Bem bom um programinha assim, mesmo com gente apressando,rs...bjs, chica, lindo feriado!

Adriana Balreira disse...

Zizi,
Que local lindo! Sou louca para conhecer. Nunca fui. E só lembro de novelas de época. A pessoa deve se sentir naquela época visitando um local como esse. Quanta história guardada nessas salas. Boa dica para quem for ao Rio de Janeiro.
Beijos
Adriana

emanuel moura disse...

Muito lindo ,obrigado pela partilha ,beijinhos felicidades

Andréa Santana disse...

Acho quem mora no Rio de Janeiro pode ficar um bom tempo sem viajar, com tantos ligares lindos para conhecer.
Adorei as fotos, tudo lindo de muito bom gosto, até a fechadura, rs.

Beijinhos, abençoado feriado!

Amara Mourige disse...

É um passeio que muito fazer,mas sempre vou adiando! Agora depois dessa linda postagem vai ser logo, logo .Gostei de tudo o lustre a bolsinha são lindos!
Adorei as fotos!
Beijinhos e boa noite!
Amara

Gracita disse...

Olá Zizi
Que passeio fantástico amiga!
Eu sou apaixonada por estes detalhes que contam com riqueza a história do nosso país. Fotos belíssimas. Rendida pela beleza deste lustre
Um dia feliz
Beijos

Ana Citadin Johann disse...

Zizi, amada.
Que passeio delicioso... que lindas imagens, imagino que deva ser um lugar com muito mais ainda para ver... não?
Amei o passeio.

Beijokas mil.

Maria Claudia disse...

Oi Zizi, gostei de conhecer pelas suas fotos esse pedacinho do nosso lindo Rio de Janeiro. Lugar que guarda detalhes da história do nosso país como você mencionou " Enquanto o Baile acontecia, os republicanos articulavam o fim da monarquia, que aconteceu seis dias depois ". Gosto de visitar lugares que nos contam a história do nosso povo. Quando criança muitas das excursões da escola onde estudava era para museus que contava sobre a nossa história.
Agora me despertou o interesse de conhecer de perto este lugar.
Estou de volta ao blog,rrsss
Tudo de bom, bjssss

Liliane de Paula disse...

O Baile da Ilha Fiscal está na História do Brasil.

Maria Gloria D'Amico disse...

Adorei este passeio, Zizi. Parece que estava junto com você.
Não tenho total certeza, mas acho que já li sobre o Baile da Ilha Fiscal. Que bacana, elegante e bonito, coisas daquela época. Hoje não existem mais.
O local me parece muito bonito, quem sabe um dia eu irei conhecer. Portanto, que anotei, para ir, se acontecer a oportunidade.
Adorei as fotos, abri em telas novas, para ver ampliadas.

Maria Teresa Valente disse...

Amei passear com você, Zizi e, conhecer a Ilha Fiscal...
O Rio tem muitos prédios históricos e bem conservados!
Agradeço pela partilha das imagens tão lindas, feliz sexta-feira.
Abraços carinhosos
Maria Teresa

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...