quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Só biju


bijuterias Com Zizi

E lá vem eu falando em bijuteria de novo. Mas, eu penso que é como qualquer tema: poesia, crônicas, receitas, artesanato... e por aí vai.
Os artesanatos nessa casa, estão parados. Ultimamente minha vibe tem sido no que estou trabalhando : bijuterias.

Domingo desses totalmente nublado, estava previsto ventos fortes. Acho que era um prenúncio do que aconteceria no Texas - Estados Unidos.
Eu não sou de apavoramentos. Sou prevenida e tranquila. ( mentira, rs )
Tento o que posso, pois trabalhar ao ar livre, tem o risco do imprevisível acontecer.
As rajadas de vento ocorreram por volta das 14 horas. Após o almoço. A feira estava movimentada e prometia vendas.


De repente o vento. Ventania. Tudo voando , literalmente voando.
Agarrei o que pude. Fui guardando a mercadoria dentro das caixas plásticas.
Mas não houve tempo para mais nada. Joguei um plástico por cima de tudo, fiz uma trouxa e agarrei com todas as forças. Pequenos galhos das árvores caiam a todo momento. As tendas queriam voar, e foram uma a uma desmontadas. O risco de ferimentos era grande também. Aos poucos a feira acabou, fomos embora, contando os prejuízos , mas com o corpo intacto. Graças a Deus !
Dia seguinte .... O corpo doía. Os braços doíam. A tensão foi grande e o esforço também.


Passado aquele  domingo, veio outro domingo.
E eu ansiosa . Ansiosa com as mudanças da arrumação da mesa.
Uma simples mesa que tem que caber toda parafernália das bijuterias.
Sem o risco de tudo cair.


Há dias que comprei dois biombos de mesa.
Funciona bem, as clientes tem visibilidade dos brincos, mas e o medo de uma ventania ? Coloquei metade da mercadoria.
Todos feirantes ficaram traumatizados, a qualquer ventinho, um olhava para o outro e aguardava. Não aconteceu. Ufa !


Não teve ventania. Mas teve clientes tirando tudo do lugar, rs rs
Eu digo pra mim : é uma dança de biju.
As bijus mudam de lugar todo momento
E quando chega alguém com toc ?
Trata logo de arrumar a sua maneira.
Perfila as pulseiras, arruma de cá e de lá.
Eu até gosto, mas logo chega outra bagunceira.
E resolve que daquele jeito não está bom. E tudo sai do lugar novamente.
Eu quieta, observo tudo. Aprendi muito naquela feira.
Se me derem um beliscão, juro que fico calada.
Indiferença ? Não.
Controle mental e corpóreo mesmo.
Questão de foco.

Só não gosto quando alguém resolve interferir na venda.
Dá pitaco, dá sugestão para a outra cliente.
E  acha que é a vendedora.
E sugere a mercadoria mais barata.
Haja paciência !


E aí eu gentilmente comento.
Que não pode ser assim.
Então perco a cliente amiga.
A vendedora e arrumadora de bijus.
Ela fica ofendida, não volta mais.
E eu me arrependo de ter falado, mas também não sou santa.
Mas chegam outras e assim a vida vai passando
Aprendemos muito , uma com as outras.

É aprendizado sempre !



Viva Bem !
Até Mais !








18 comentários:

✿ chica disse...

Bah,Zizi! Imagino o pânico com a ventania, tudo voando e a correria. Ainda bem foram perdas apenas materiais...

E não deve ser mole lidar com algumas clientes...

Vemos, mesmo como compradoras, ao nosso lada ca uma!!! credo! precisas paciência mesmo!
Deus te ajude a tê-la! rs bjs, chica

By Neymes disse...

Uau,tivemos uma repaginada amiga?!Ficou lindo.Beijo no coração.Valéria.

emanuel moura disse...

Maravilhosa partilha querida amiga, muitos beijinhos felicidades

A Casa Madeira disse...

Adoro, mas uso pouco pois tenho alergia k.
Mas gosto de ver.
Mas sou daquelas clientes que olha paga e sai k, nem
experimenta k. Vou experimentar quando chego em casa k.
Tenho um pouco de timidez k.
Abraços

Andréa Santana disse...

Querida Zizi,
Com certeza a correria foi grande mesmo, eu faria o mesmo que você, graças
a Deus não ouve danos à saúde, o bolso é mais fácil de recuperar.
Infelizmente pra ser comerciante tem que ter paciência, eu não tenho.
Quando eu me casei, o meu esposo montou uma loja de roupas de calçados
para mim, não fiquei com a loja nem 6 meses, não gostei. Rsrs.

Beijinhos, Deus te abençoe ♥

AnaCristina disse...

rsrsr as historias sao engraçadas...eu jamais conseguiria ter uma banca de água no deserto...não levo o menor jeito!!! e o vento...que medo! ainda bem que estão todos bem!

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida amiga Zizi!
Lidar com gente é sempre um desafio grande demais... mas em tudo sairemos vitoriosas pois Deus é conosco!
Gostei do mentira riscado, rs... legal isso!
Não tenho vocação para vender nada e tudo que faço eu doo de presente pras amigas... rs... não saí nem à mãe nem ao pai...
Seja feliz e abençoada!
Bjm de paz e bem

Os olhares da Gracinha! disse...

Imagino o sufoco!!!
Espero que consiga ter sucesso nessas vendas! Bj

Simone Antunes disse...

Gosto muito de bijutarias, têm coisas lindas. Beijinhos
https://asreceitasdasisi.blogspot.pt/

Christiane Garcia disse...

Zizi, suas bijus são lindas! Eu imagino o susto que você passou. Não é fácil...
Vendas é complicado,por que lidar com o ser humano é muitas vezes complicado.
Te desejo um setembro maravilhoso, repleto das bençãos de Deus. Bjs

Anete disse...

Imagino a alegria, o prazer de trabalhar como você, com suas peças e bijouterias. É verdade que há chateações sem tamanho no dia a dia, fazendo parte da atividade de comerciante... Uau, faço ideia!
E o sufoco da ventania! Puxa!!! Mas, passou...

Estava desligada deste seu outro blog, caramba... Perdi as postagens depois do seu retorno...
Bjs

alfacinha disse...

As vezes os deuses do tempo estão se sublevam.
abraços

Vane M. disse...

Oi, Zizi, como vai? Adorei sua postagem, quase me senti na feira junto contigo! E que apuro passou com a ventania, hein?
Fiquei rindo imaginando as clientes com toc, rsrsrs, e quanto autocontrole você desenvolveu! Vendas precisam mesmo de paciência! Pela loja virtual é mais tranquilo, mas já trabalhei com atendimento pessoal e com uma loja na Rodoviária, tinha cliente que pedia para tirar tuuudo das prateleiras... e não levava nada! kkkkkkkkkk
Faz bem em manter o foco, um dos segredos de sucesso! Abraços e boas vendas!

Ailime disse...

Boa tarde Zizi,
Deve ter sido bem difícil esse dia de ventania. Graças a Deus que nada de grave aconteceu.
Quanto às clientes será mesmo necessário ter muitaaaaa paciência.
Lidar com público não é fácil.
Beijinhos e boas vendas.
Ailime

Pepa disse...

Oi Zizi, ventania e tempestade dá medo mesmo, mas é aproveitar os dias ensolarados para fazer ótimas vendas.
Ter paciencia é um aprendizado.
Boas vendas sucesso, beijos,Vi

http://pensandoempoesia.blogspot.com.br disse...

Oh Zizi , imagino a aflição em meio a uma ventania louca e ver todo esforço voando pelos ares, ai que dó!Mas que bom , conseguiste recuperar e voltar pra casa inteira. com certeza Deus estava no comando amiga.
Tenha um feliz findi!
bjss!

Maria Rodrigues disse...

Deve ter sido terrível passar esse temporal.
Zizi, eu não tinha jeito para vender, pois não iria conseguir ficar calada perante algumas dessas situações.
Desejo-lhe muito sucesso para todas as suas feiras.
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Maria Glória disse...

Oi Zizi!
Relacionamento não é nada fácil, imagine envolvendo parte comercial. A gente tem que pensar em tudo o que vai falar, mas por vezes, é preciso por ordem na casa. Já fui corretora de imóveis de uma grande construtora, sei bem como é. E a "amiga querida" no meu caso era quase sempre, um advogado/a da família. Temos que agregar, nunca separar. Fácil? Não!
Quanto a ventania, imagino a loucura que foi. Dominante, de certo!

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...