sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Surpresas da maquininha

Maquininha fofa! foi presente de marido há dois anos atrás.
Tão bonitinha e sem uso. Dentro de uma caixa ficava.
Até que marido resolveu costurar um furo na sua  sacola de algodão.
( retentora das câmeras fotográficas ) 
Fiquei observando aquele homem costurando.
A linha quebrava, ele gentilmente engatilhava no lugar.
Se fosse eu, já ia xingando. Não medonhos palavrões, mas tipo assim: ai que m.... que saco... de novo! quebrou a linha que droga
E por aí ia meus lindos palavreados. Não tem coisa pior que você querer costurar e a linha soltar ou quebrar !
Eu tenho uma máquina de costura normal , antiguinha, mas dá para o gasto.
Mas como tudo, eu fico remediando. Remediando o lugar, as horas , e assim as costuras e remendos vão ficando para outras horas.
Você é assim também? Ou não?
Eu sou assim. Fico reservando um lugar, um horário e aí vejo que o tempo passou e eu nada fiz.
Hoje, eu me aliei a maquininha . Frágil? Não. Ela costurou lindamente minha velha calça jeans. Afunilei a boca da calça. Estava larga e eu queria mais justinha. Se fosse na máquina normal, talvez ela engasgasse, mas essa bonitinha que eu pensava ser frágil, costurou muito bem!
Como nos enganamos! Como nos embaralhamos nas horas e nas aparências.
Nem tudo precisa ser fielmente marcado. Pode ser improvisado.
E aí quando fui para o Instagram, vi essa mensagem que copiei para trazer:


Seja leve!
( isso pra mim! até para costurar uma simples calça ) 

10 comentários:

✿ chica disse...

Zizi, tive que rir. A paciência do teu marido é diferente da minha,rs E tu também,rs...Eu a cada trancada e quebra de linha, digo cobras e lagartos... Dizia, pois faz séculos não costuro.... Gostei da lição! bjs, chica

✿ chica disse...

Ah, nas cobras e lagartos, entram até morcegos, urubus e tuuuuuuuuuuuuuudo mais que podes imaginar já me conhecendo,rs...

Roselia Bezerra disse...

Boa tarde, querida amgia Zizi!
Ter paciência, para mim, é um dom e sempre peço a Deus para não estragar o cotidiano com pouca coisa... um excelente post para nos fazer meditar sobre tal dom!
Bjm muito fraterno

Adriana Balreira disse...

Olha só, parece tão frágil e aguentou uma calça jeans! Para você ver que até nos objetos não podemos julgar pela aparência. E fico imaginando você observando seu marido pacientemente tentando costurar nessa máquina sem se irritar com ela...eu também já ia logo reclamando!
Beijos
Adriana

Maria Claudia disse...

Oi querida, meu marido também já se aventurou em costurar. Ele mesmo fez uma capa de gaiola. Gostei dessa maquininha, tão fofa !
Minha mãe gostava muito de costurar. Ela adorava fazer biquínis, calcinhas e roupas infantis para vender. Ela tinha um pequeno ateliê e me deixou cinco máquinas de costura. Mesmo tendo uma mãe costureira eu nunca me dediquei a aprender todas as técnicas da costura. Sei apenas costurar coisas simples. Não sei fazer casa de botão ou mesmo pregar um zíper ou colocar viés. Agora vejo que poderia ter aprendido melhor a costurar. Lembro quando ela me chamava e eu dizia que não gostava de costurar. Eu sempre gostei de fazer pinturas e lembrancinhas de festas. Agora com as máquinas em casa pretendo fazer um curso.
Também sou um pouco impaciente. Quando algo não dá certo, deixo de lado e depois volto a fazer.
Tudo de bom,bjssss

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Adorei,Zizi! Pouco entendo dessas máquinas,mas a dica é ótima!

Obrigada pela visita e volte sempre.Já a sigo aqui e foi difícil acessar seu blog porque estou sem computador,só com o celular e a tela dele é muito pequena e pouco enxergo.
Por isso,estou retribuindo as visitas vagarosamente.

Beijos sabor carinho e lindo fim de semana

Donetzka

Bia Hain disse...

zizi, estive aqui outro dia lendo esse post mas não deu tempo de comentar. Adorei suas divagações, e uma graça a máquina! Assim como você às vezes protelo algumas coisas, mas vejo como muito mais eficiente esse improviso, do fazer aqui e agora, sem deixar para depois ou esperar "o tempo certo". É o hoje que vivemos, é o hoje que temos, e isso é viver. Abraços!

Fabiana Segatto disse...

Tô aqui rindo porque tenho uma dessa e é a mesma cor guardadinha dentro da caixa,xingar não xingo, mas choraramingar... muito engraçado!

Maria Gloria D'Amico disse...

Ahahahaha... Zizi eu também dou umas xingadinhas por aí e, também, fico planejando o que não gosto de fazer e nunca faço ahahaha. Passar roupa, por exemplo. Aqui em casa, quase não é preciso passar roupa, mas algumas sim, precisam ser passadas e ficam penduradas até que eu 'fique leve' ahaha.
Muito bem, me diverti aqui, querida Zizi.

Sissym Mascarenhas disse...



Olá Zizi,

Eu já vi uma pequena maquininha, não sei se é esta marca, e me deixou atentada a comprar para pequenos reparos. Fiquei surpresa com o que pôde fazer.
Qual é a marca, não consigo ler?

Bjs

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...